Notícia

Toddy, o famoso achocolatado da PepsiCo
    matéria-prima

    Para melhorar desempenho, polietileno

    Resultado favorável foi atingido por meio dos atributos superiores da matéria-prima adotada e por alterações discretas no formato dos potes.

    Quando a principal apresentação de Toddy, o famoso achocolatado em pó da PepsiCo , foi atualizada, em março de 2014. Talvez pouca gente tenha percebido o tamanho do projeto. Houve alteração de matéria-prima e pequenos ajustes na morfologia dos potes. Apesar da sutileza, os resultados foram significativos.

    Os potes plásticos do produto, tradicionalmente de polipropileno, passaram a ser feitos de polietileno. A mudança zerou o índice de quebras em testes de queda (drop tests), melhorou o desempenho na selagem da boca do recipiente e aprimorou a barreira ao vapor de água. A Braskem apoiou o projeto com a indicação de uma resina de propriedades avançadas, capaz de atender aos objetivos esperados pelo brand owner.

    O principal desafio técnico foi o de obter uma embalagem com resistência à compressão similar à da anterior. Esse resultado favorável foi atingido por meio dos atributos superiores da nova matéria-prima adotada e por alterações discretas no formato dos potes. Ao fim de todas as avaliações e certificações necessárias, o projeto consumiu doze meses.

    Quer ajuda com o seu projeto de embalagem?
    Consulte nossos especialistas, através do e-mail packaging@braskem.com

    Compartilhe
    0 votos
    TAGS: achocolatado, crianças, polietileno, design, achocolatado em pó, resistência, Alimentos, Criação, embalagem, embalagens

    Não encontrou o que procura?

    Escreva abaixo os assuntos sobre embalagens que você gostaria de ver por aqui.

    Isso também pode te interessar