Notícia

Bag-in-box
    bag-in-box

    Bag-in-box de fonte renovável

    A composição da bolsa flexível pode variar, para que seja compatível com o conteúdo a ser nela envasado.

    Soluções de embalagem idealizadas para transporte de grandes volumes ou de consumo intenso, os bag-in-box - bolsas plásticas acopladas a caixas de papelão - são cada vez mais utilizadas para movimentar produtos líquidos e pastosos utilizados pelas indústrias.

    A Embaquim , importante fornecedora dessas embalagens, desenvolveu a primeira delas fabricada com o plástico verde (polietileno) da Braskem que leva o selo I'm greenTM, "a fim de melhor atender clientes que possuem certificação ambiental e programas de redução dos impactos ambientais de suas atividades", segundo Renata Canteiro, diretora da empresa. Embora apresentado em exemplares com capacidade de 1.000 litros, a Embaquim informa estar aberta para fornecê-los em volumes menores, a partir de 1 litro.

    Olhando para o mercado de consumo, o bag-in-box encontra grande potencial no acondicionamento sucos, vinhos e outros produtos líquidos e pastosos direcionados ao consumo fracionado. Embora tendo capacidade de conteúdo em geral maior do que a de porções individuais, os bag-in-box permitem o consumo mais prolongado. Isso porque, à medida que o produto vai sendo dispensado, a bolsa flexível se ajusta ao restante. Sem espaço para oxigênio, a oxidação é retardada, estendendo a vida de prateleira do produto.

    A composição da bolsa flexível pode variar, para que seja compatível com o conteúdo a ser nela envasado. Para entender se essa poderia ser uma solução interessante para sua indústria substituir barris metálicos, entre em contato com packaging@braskem.com , para que a área técnica da Braskem possa lhe dar a assistência necessária.

    Compartilhe
    2 votos
    TAGS: plástico verde, polietileno, bag-in-box, suco, vinho, Embalagens Industriais, Bebidas, Criação, I'm greenT, sucos, vinhos

    Não encontrou o que procura?

    Escreva abaixo os assuntos sobre embalagens que você gostaria de ver por aqui.

    Isso também pode te interessar