Entrevista

Fabiana Quiroga, diretora da área de Reciclagem & Plataforma Wecycle
Plataforma Wecycle
    wecycle

    Para dar passos ainda maiores

    Entrevista com Fabiana Quiroga, diretora da área de Reciclagem & Plataforma Wecycle

    Para reforçar seu compromisso com o desenvolvimento de soluções sustentáveis na cadeia do plástico, a Braskem anunciou a criação da área de Reciclagem & Plataforma Wecycle, dentro da estrutura da Unidade de Poliolefinas da América do Sul e Europa.

    A nova área tem como objetivo reforçar o posicionamento estratégico da Braskem e alavancar o incentivo de iniciativas, negócios e soluções sustentáveis relacionadas à economia circular do plástico, em especial à reciclagem, assim como o de gerir os aspectos institucionais e regulatórios sobre o tema.

    Sob a liderança de Fabiana Quiroga, a plataforma Wecycle prevê o desenvolvimento de produtos com conteúdo reciclado pós-consumo, qualificação de processos e confiabilidade técnica, com foco na valorização do resíduo pós-consumo e da cadeia de reciclagem, com menor impacto ambiental e com ações de responsabilidade social. A iniciativa envolve a parceria com diferentes públicos de relacionamento do setor, como brand owners, transformadores, recicladores e cooperativas de catadores.

    Com mais de 15 anos na Braskem, Fabiana já atuou em atividades jurídicas e regulatórias, no apoio à busca de soluções empresariais para as áreas industriais, comerciais, de Inovação e Tecnologia e de Saúde, Segurança e Meio Ambiente (SSMA), além da avaliação da cadeia de valor da Reciclagem e dos modelos existentes.

    Nesta entrevista exclusiva, a executiva conta como funciona e quais são os objetivos da área de Reciclagem & Plataforma Wecycle.

    Quando foi criada a nova área de Reciclagem & Plataforma Wecycle?
    Ela foi criada em outubro de 2017. 

    O que é e qual o objetivo da área de Reciclagem & Plataforma Wecycle da Braskem?
    Primeiramente é reforçar a importância que a reciclagem tem para a Braskem. A área foi criada com o propósito de ampliar, consolidar, aprimorar as nossas iniciativas de reciclagem e fortalecer toda a cadeia do plástico. A Braskem já tinha iniciativas na área de reciclagem, tanto que a plataforma Wecycle foi criada em 2015, com o propósito de ter projetos pilotos para o desenvolvimento da cadeia de reciclagem, com produtos reciclados com qualidade, o que permitiu conhecer melhor a cadeia, e agora com a criação da área ampliaremos as nossas iniciativas e fortaleceremos efetivamente toda a cadeia do plástico.

    Quais as formas de atuação da plataforma?
    O objetivo da plataforma é fechar todo o ciclo de reciclagem, garantindo uma resina com qualidade técnica e assegurando que toda a cadeia esteja conforme, sob a ótica social, ambiental e técnica. A Braskem atua desde a fonte da matéria-prima, do resíduo, junto com as cooperativas, no nosso projeto ser+realizador, como com os recicladores, transformadores e Brand Owner. Além das auditorias nas cooperativas e recicladores, fazemos a ponte com os transformadores e brand owner na definição da melhor formulação para a aplicação desejada da resina reciclada... a nossa resina passa pelo processo de homologação para aplicação com maior valor agregado. Quando falamos em fortalecer toda a cadeia é porque estamos presente em todos os elos. 

    Qual é o apoio que a Braskem dá aos envolvidos no processo?
    Temos equipes técnicas, bem como um laboratório em Triunfo (RS) para fazer todas as análises e testes para oferecer aos nossos clientes uma resina com a qualidade técnica necessária para a aplicação desejada, bem como quais são as melhores formulações a serem realizadas para uma performance adequada do produto. Um ponto importante é valorizar a resina reciclada. Hoje toda a dificuldade da cadeia de reciclagem do plástico decorre, além da questão técnica por existirem vários tipos de plástico que não são separados, mas também pelo fato de a resina só ter aplicação em mercados com menor valor agregado, justamente pela falta de qualidade. É neste ponto que queremos atuar. 

    Como uma empresa pode participar do Wecycle?
    O interessado pode acessar diretamente a nossa área ou entrar em contato por meio da equipe comercial da Braskem.

    Como é a forma de participação nos projetos?
    A plataforma é aberta para avaliarmos as possíveis iniciativas com toda a cadeia. Em determinadas situações, já desenvolvemos a resina reciclada para determinadas aplicações e buscamos nossos clientes e brand owners para oferecer a solução. Já para outros projetos, o dono da marca ou clientes nos procuram e para buscarmos uma fonte ou resina que consiga alcançar as características necessárias para a produção do produto final. Na medida em que haja interesse, todas as nossas equipes estão abertas para receber essas solicitações e assim desenvolvermos juntos os projetos. 

    O Grupo GPA e a Muzzicycles já são parceiras da plataforma. Há novos projetos em andamento?
    Esses dois foram os que já lançamos no mercado. Inclusive nós recentemente ganhamos o Prêmio Grandes Cases de Embalagem com a embalagem do Tira-Manchas Qualitá, do GPA . Esse foi um importante reconhecimento de todo o trabalho feito junto com o GPA. Além desses, temos um pipeline de projetos com vários parceiros. O processo exige que algumas etapas sejam cumpridas como a homologação da resina, aprovação das características, produção do produto e entrada na linha de produção dos nossos clientes. Depois disso tudo, o lançamento é feito.

    Qual o tempo médio do ciclo do produto - desde o primeiro contato até o lançamento no mercado?
    Depende muito de cada caso. Quando já desenvolvemos a resina para determinada aplicação, fica muito mais simples fecharmos o projeto com os clientes. Por outro lado, tem projetos que desenvolvemos em conjunto, o que demanda maior quantidade de testes e aprovações.

    Há algum custo para o brand owner participar do Wecycle?
    Todo o custo de desenvolvimento da resina é da Braskem. A partir do momento que temos uma resina aplicável para determinado produto ou embalagem, passamos a vender a resina. 

    Qual a porcentagem de plástico reciclado hoje?
    Hoje a porcentagem de plástico reciclado no Brasil está em torno de 23%.

    A partir do reforço que a Braskem está dando através da plataforma Wecycle você vê possibilidades de crescimento desses números?  
    A expectativa é que sim, porque a grande dificuldade de crescimento decorreda diversidade de tipos e de qualidade de plásticos. É exatamente nesse ponto que a Braskem quer entrar, no desenvolvimento tecnológico, pra quebrar essas barreiras e ampliar as oportunidades de uso do reciclado plástico.

     

    Compartilhe
    5 votos
    TAGS: sustentável, impactos ambientais, reciclável, conhecimento técnico, consultoria, tecnologia, colaboração, cooperação, tendências, futuro, resinas, parcerias, Wecycle, reciclagem

    Não encontrou o que procura?

    Escreva abaixo os assuntos sobre embalagens que você gostaria de ver por aqui.

    Isso também pode te interessar